RISCO DE BASE E CROSS HEDGE: UMA REVISÃO

Odilon José de Oliveira Neto, Reginaldo Santana Figueiredo, Leonardo Caixeta de Castro Maia, Simone Oliveira Rezende

Resumo


As operações realizadas em bolsa com contratos futuros com padrões diferentes das características dos produtos negociados no mercado físico geram diferenças de base, e a variação dessa diferença ao longo do tempo é definida por risco de base. Neste contexto, às operações de gerenciamento de risco em bolsa de futuros caracterizadas por diferenças entre as características dos ativos protegidos e dos padrões especificados nos contratos futuros é denominada, cross hedge. Com base nestes importantes elementos de gerenciamento de risco em mercados futuros, é que este estudo tem por objetivo revisar as contribuições para o estudo sobre risco de base e cross hedge, com destaque na produção científica sobre a temática no Brasil. Para tanto, inicialmente foi feita uma pesquisa do estado da arte sobre o risco de base e o cross hedge com intuito de contribuir como referência para futuros estudos sobre a temática. Somado a isso, discutiu-se no artigo os principais referenciais teóricos e estudos empíricos sobre risco de base e cross hedge. Após apresentação, análise e discussão acerca das publicações nacionais e internacionais emergiram sugestões para futuras pesquisas sobre a temática abordada no artigo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado por

A Revista de Auditoria Governança e Contabilidade - RAGC é B4 na Classificação de periódicos Qualis/CAPES 2013 - 2014 em Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo.

ISSN: 2317-0484